'

SMGer-PCH - Sistema de monitoração de pequenas centrais hidrelétricas

1

O SMGer-PCH é um sistema de monitoração elaborado especialmente para atender às necessidades das pequenas centrais hidrelétricas.

Apresenta custo de aquisição e implantação viável para plantas de pequeno porte, fornecendo alto valor agregado para a operação e manutenção.

Monitora um amplo conjunto de variáveis e disponibiliza informações detalhadas sobre o sistema gerador, propiciando um rápido benefício ao cliente.

1
  • Maior visibilidade para a análise dos sistemas de geração;

  • Aumento da eficiência das unidades geradoras;

  • Melhor aproveitamento da capacidade de geração;

  • Maior segurança na operação dos sistemas de campo;

  • Aumento da habilidade das equipes de operação e manutenção;

  • Redução de custos de manutenção;

  • Redução da freqüência de paradas de maquina para inspeção e manutenção;

  • Redução do tempo de reparo dos sistemas de campo;

  • Redução de custos de indisponibilidade das unidades geradoras;

  • Ótima relação custo/benefício e rápido retorno do investimento financeiro;

  • Facilidade de instalação com baixo custo.



 

 












1
  • Monitoração permanente da função geração:

    Gerador (tensões e correntes terminais, frequência, potência ativa, reativa e aparente, fator de potência e tensão e corrente de excitação);

    Reguladores de tensão e velocidade e estabilizadores de sistema de potência;

    Comandos (partida e parada do gerador, mudanças de referência, entre outros);

    Proteções (curto-circuitos, sobreaquecimento, sobrevelocidade, entre outras);

    Subsistemas (mancais, eixos, sistemas de refrigeração, acionamentos hidráulicos, entre outros);


  • Levantamento de parâmetros da unidade geradora;

  • Análises de desempenho de unidades geradoras;

  • Ensaios e testes de sistemas de controle e proteção;

  • Detecção de defeitos intermitentes.






  • Funcionalidades
  • Características
  • Visualização da dinâmica de operação da geração em tempo real;

  • Registros de sinais, eventos, tendências e permanente;

  • Configuração de gatilhos para monitoração;

  • Conectividade em rede Ethernet 10/100 Mbps (rede local ou remota);

  • Centralização de registros em concentrador de informações (opcional);

  • Pesquisa de dados, visualização e operações em registros em unidade de análise (opcional);

  • Análise de espectros de freqüência (FFT).

  • Amostragem simultânea de até 15kS/s para todas as entradas;

  • Suporta até 16 entradas analógicas e 16 entradas digitais condicionadas;

  • Entradas analógicas em nível 115V, 5A, 1A, 10V, 20mA com isolação de 2,5kV;

  • 3 portas USB disponíveis: 1 porta para pendrive e 2 portas para teclado e mouse para manutenção (disponíveis internamente diretamente na CPU);

  • Apresenta luzes indicativas de funcionamento, falha e/ou eventos;

  • Exibe alerta em caso de eventos;

  • Software com instalação livre.



leonardo.ribeiro - criação de sites